Eder Ramos é Global President da Fragrance Division desde o final de 2020.

MERCADO  &  TECNOLOGIA

Com planos ambiciosos

Na virada do ano, muita coisa aconteceu no andar de liderança das divisões Fragrance e Cosmetic Ingredients. Eder Ramos e o Dr. Jörn Andreas são os dois novos presidentes globais.

Dr. Jörn Andreas, o novo Global President Cosmetic Ingredients da Symrise.

Em casa na Fragrance

EDER RAMOS, GLOBAL PRESIDENT FRAGRANCE DIVISION, ATUA DESDE 1983 NA SYMRISE, EM DIVERSAS FUNÇÕES.

Sr. Ramos, o que significa crescimento para o senhor? Manter o foco nele é sempre necessário? O crescimento é necessário. Para atender às expectativas dos acionistas, é preciso crescer. Isso não significa ter de alcançar índices de crescimento de dois dígitos todo ano. O que se necessita é de um plano que assegure crescimento sustentável ao longo de anos, em vez de breve alta provocada pela conjuntura, seguida de uma queda. Para crescer de forma sustentável, é preciso garantir que todos na empresa caminhem na mesma direção. E, por fim, nem sempre é possível pensar somente em crescimento, sem considerar a sociedade e o meio ambiente.

O crescimento para o senhor não tem apenas uma dimensão financeira. O senhor fala de valores também. Sim. Por exemplo: precisamos realmente entender nossa influência sobre o meio ambiente. Acho que a Symrise faz um trabalho incrível nesse aspecto. Nosso projeto tem de ser uma química sustentável, verde. Acredito que a Symrise está bem no topo da lista quando o assunto são fragrâncias relacionadas à sustentabilidade.

Como o senhor mede o crescimento na esfera pessoal? Quando olho para a minha família, quando olho para o meus filhos e meu neto, tenho a sensação de ter conseguido muito. Coloquei dois seres fantásticos no mundo, ajudei-os e lhes transmiti alguns dos meus valores. Agora tenho 59 anos e tenho uma pessoa fantástica com quem vivo há mais de 40 anos. Ainda nos divertimos muito juntos. Isso é uma grande conquista para mim.

Qual atitude o ajudou a alcançar os seus objetivos? Disciplina é importante. É preciso ter uma estratégia. Como bom gestor, é preciso sempre ter um plano B – às vezes, até mesmo um plano C. Também não gosto de uma gestão agressiva top-down. Nós somos um time. Trabalhamos juntos e nos apoiamos mutuamente. A atmosfera é um fator importante para apresentar bons desempenhos. É preciso também prever o que teremos de enfrentar e agir de acordo. Veja a pandemia. Em março do ano passado, voltei da China. Acho que fui uma das últimas pessoas que voltaram de lá para casa. Estava claro que havia algo grande acontecendo. Onde quero chegar é o seguinte: em uma situação assim, você precisa contar com uma equipe forte. Para se coordenar, para entender o que está acontecendo, para avaliar os efeitos para os nossos negócios e tomar as decisões adequadas.

Vamos falar da sua nova função na liderança da Fragrance. Comecei há 37 anos como júnior no setor de vendas de fragrâncias. Construí toda a minha carreira na área de fragrâncias. Depois tive a oportunidade de mudar para a Cosmetic Ingredients, o que foi um desafio no começo. Aprendi muito no lado dos cosméticos. Voltar agora para a perfumaria é como voltar para casa, para ser sincero.

Quais são os seus planos para o crescimento da sua divisão nos próximos anos? A Fragrance é reconhecidamente inovadora e disruptora, ela desenvolve continuamente novos mercados e modelos de negócios. A integração a montante do nosso portfólio de matérias-primas produzido internamente na Division AM e a posição de liderança nessa área são a chave para o nosso sucesso futuro. A Fragrance assumiu um papel pioneiro em relação ao uso de inteligência artificial e à pesquisa de mercado inovadora. Sobretudo pela disrupção, a Fragrance continuará a se destacar da concorrência.

Retorno à rota de crescimento

DR. JÖRN ANDREAS, GLOBAL PRESIDENT COSMETIC INGREDIENTS, ESTÁ NA EMPRESA DESDE 2011.

Dr. Andreas, uma empresa pode ser sustentável, ecologicamente responsável e, ao mesmo tempo, buscar crescimento permanente? Para mim, isso não é necessariamente um paradoxo. Para mim, crescimento significa aprender e se desenvolver, estando, portanto, estreitamente ligado a inovação e mudança. Inovação exige recursos, que têm de ser gerados. A Symrise é muito voltada para o crescimento. Isso também nos diferencia de outras empresas no mercado de capitais. Não temos de nos envergonhar disso. Ao contrário: é assim que possibilitamos investimentos em inovação, que, por sua vez, trazem soluções sustentáveis.

Em que medida o mercado de capitais é relevante para o crescimento da Symrise? O mercado de capitais é extremamente importante para ambos os objetivos, sustentabilidade e crescimento. Somente com crescimento é possível obter lucro — e, com ele, preços ascendentes das ações. Por isso, é imprescindível que a empresa cresça e seja saudável. Mas o mercado de capitais – da mesma forma que todo investidor sensato – também espera que o crescimento seja produzido por meio de um modelo de negócios eficiente, voltado para o futuro. Do contrário, o lucro e, consequentemente, a evolução das ações não seriam sustentáveis. É por isso que hoje critérios relacionados à sustentabilidade desempenham um papel muito importante em decisões de investimento. Ou seja, ambos são necessários. De preferência, sempre se fortalecendo por conta própria.

O que o senhor associa ao conceito de “growth mindset”? A Symrise é muito ágil do ponto de vista empreendedor para seu porte relativo. Seria possível supor que, depois de tantos anos, já somos um navio pesado, mas, pelo fato de a Symrise ter surgido de várias empresas, conservamos essa visão fortemente empreendedora. Isso é algo que nos caracteriza e nos fortalece. Olhamos para onde as possibilidades estão, para onde as chances estão. Somos relativamente rápidos em nos adaptar e perceber essas chances sem ter de percorrer muitas instâncias de decisão. Isso se aplica principalmente à Cosmetic Ingredients, a área que assumi agora.

Como o senhor mede o crescimento na esfera pessoal? Sigo uma regra simples: tentar fazer com que cada dia termine melhor que começou. Eu também não desisti de correr outra maratona em menos de quatro horas — apesar da rotina apertada de uma família com quatro filhos.

Quais são seus planos concretos para a Cosmetic Ingredients este ano? Queremos retornar à rota de crescimento. Esse é nosso principal objetivo em 2021. O ano de 2020 foi um desafio por causa da pandemia. Não foi um ano ruim, mas o primeiro ano sem crescimento em mais de uma década. Vamos nos concentrar na implementação dos projetos em andamento e em nossos principais lançamentos. Temos novos produtos incríveis, que vão reforçar nosso papel pioneiro em relação à química verde e à inovação cientificamente comprovada. Paralelamente, estamos construindo motores de crescimento adicionais para uma expansão acelerada. Isso envolve mais investimentos direcionados a determinados mercados de destaque, bem como aquisições estratégicas. Um primeiro bom exemplo é nosso investimento na startup Sunday II Sunday juntamente com nosso cliente Johnson&Johnson, com foco em cuidados inovadores para os cabelos.

© Symrise All rights reserved 2020