EMPRESA & ESTRATÉGIA

Um dia com …

Matthias Lütkenhaus, soprador de aparelhos de vidro na planta de Holzminden. Ele é o único a exercer esse ofício em todo o grupo. Os pedidos que recebe vêm, portanto, de todas as áreas da empresa. Com 55 anos, ele atua há 20 na Symrise e sabe exatamente como diversas reações químicas ocorrem. Graças a essa expertise, ele consegue fabricar e consertar os recipientes e aparelhos ideais para os laboratórios.


Mathias Lütkenhaus


Soprador de vidro


Holzminden, Alemanha

08:00

Preparação dos materiais: para seus trabalhos, Matthias Lütkenhaus usa vidro especial da empresa Schott. O vidro Duran é altamente resistente a choques térmicos. Ele tem estabilidade contra ácidos e soluções alcalinas e pode ser derretido várias vezes.

09:30

Um novo pedido é anunciado: os aparelhos e colunas que Matthias Lütkenhaus desenvolve, fabrica e conserta irão para todas as unidades do mundo.

11:00

Para trabalhos difíceis, Matthias Lütkenhaus usa o torno. Ele ajuda a derreter grandes tubos de vidro para transformá-los em colunas, a modelar frascos redondos de 2 a até 50 litros ou fundir recipientes encamisados com capacidade de até 6 litros.

14:00

Há também uma área de processamento a frio na oficina: serrar, perfurar e polir com ferramentas de diamante.

15:30

Pedido de conserto: para poder trabalhar o vidro, Matthias Lütkenhaus primeiro tem de aquecê-lo. Isso retira a tensão do material.

17:00

Troca entre especialistas: Matthias Lütkenhaus conversa com Juliane Thiel, da área de pesquisa, sobre novas colunas de reação que são necessárias. Elas devem ter quase dois metros de altura e atender a requisitos específicos.

Neste vídeo: Matthias explica seu trabalho à TeamSpirit.

© Symrise All rights reserved 2020