CIÊNCIA & PESQUISA

Seguindo as tendências

A pesquisa com consumidores com base científica é um elemento essencial para o sucesso dos negócios da Symrise, para descobrir e entender o comportamento dos consumidores.

uanto mais se entende as decisões e as preferências dos consumidores finais, mais efetivo e direcionado é o desenvolvimento de produtos ou a definição de estratégias de crescimento. Segundo Katja Tiitinen, Director Sensory & Consumer Insights Flavor EAME, houve uma mudança de perspectiva na Symrise, nos últimos cinco anos, em relação à pesquisa com consumidores. Em vez de coletar dados referentes a produtos sobre mudanças nos perfis de sabor, o foco agora são a motivação e as expectativas dos consumidores — e os impulsionadores ocultos nas preferências de sabor. A ideia por trás disso: identificar micro e macrotendências antes que realmente cheguem à sociedade. “No passado, era geralmente assim, um cliente nos perguntava sobre um aroma. Agora, queremos que nossos produtos combinem com os consumidores mesmo antes de um cliente vir até nós, de maneira que tenhamos propostas próprias, e talvez melhores, assim como sugestões de soluções para nossos clientes, quando eles vierem até nós”, esclarece Tiitinen.

Nesse meio tempo, relata a diretora, desenvolveu-se uma expertise que é percebida e aproveitada de forma muito positiva pelos clientes. Com fre­quência, os clientes esperam uma solução completa e não apenas uma solução para um aroma. “Quando se trata de saber o que é relevante para o mercado e quais produtos e conceitos combinam com o consumidor, podemos falar agora com nosso cliente em pé de igualdade. Isso também nos coloca em uma boa posição para aprimorarmos ideias em conjunto”, continua Tiitinen.

Basicamente, mudou a abordagem das Business Units sobre quais são os dados de mercado que devem ser coletados e analisados. A BU Sweet EAME, por exemplo, criou a Flavors For Feelings, nova plataforma da Symrise, juntamente com a Sensory Consumer Insights EAME. Aqui o objetivo é igualmente entender as necessidades dos consumidores melhor e mais cedo, a fim de desenvolver as soluções de sabor mais promissoras para e com os clientes. Nesse contexto, trata-se também de registrar e avaliar as diferenças regionais e culturais das necessidades dos consumidores e dos aromas.

Quando se trata de saber o que é relevante para o mercado e quais produtos e conceitos combinam com o consumidor, podemos falar agora com nosso cliente em pé de igualdade.
Katja Tiitinen, Director Sensory & Consumer Insights Flavor EAME

PRIORIDADES MUDAM Mas o que acontece quando o ritmo costumeiro das decisões de compras cotidianas e preferências de consumo é completamente posto de cabeça para baixo da noite para o dia? A pandemia da COVID-19 fez o mundo parar por um tempo. Econômica e socialmente. Os efeitos são variados e, em parte, drásticos. Algo está claro: quem é obrigado a viver por tempo indeterminado entre as próprias quatro paredes por causa de lockdown ou quarentena, obrigatoriamente, reordena suas prioridades de consumo. De repente, produtos de higiene e alimentos saudáveis são mais importantes do que um batom novo. E o fast food praticamente perdeu seu papel.

Como as diversas áreas da Symrise estão reagindo a essa nova situação, tão inédita quanto desafiadora? E quais são os principais questionamentos dos clientes da Symrise em relação às tendências dos consumidores que estão mudando em decorrência da pandemia? Dylan Thompson, Senior Marketing and Consumer Insight Manager, Flavor NA nos EUA, explica que eles estão trabalhando de forma ainda mais proativa do que antes. Isso inclui apresentações virtuais nas quais eles sintetizaram para os clientes os dados de mercado mais atuais, insights de consumidores e tendências de sabor para mais de vinte categorias-chave.

Uma outra iniciativa – recebida muito positivamente – é uma série de webinários em que a Symrise fornece aos clientes os mais recentes relatórios sobre o tema COVID-19, bem como tendências e insights de consumidores, garantindo que eles fiquem um passo à frente da concorrência.

Os efeitos da pandemia sobre o comportamento de compra dos consumidores e sobre seu bem-estar emocional são multifacetados. Uma tendência que Thompson e seus colegas identificaram é o interesse acentuado por “feel good food”: comida que dá uma sensação de bem-estar ao ser consumida. Um exemplo de “feel good food” é o maracujá, que é tido como bom para a pele. Além disso, é considerado anti-inflamatório, bom para a digestão, um aliado para o emagrecimento, benéfico para a circulação sanguínea etc. Outros dois exemplos são a aveia e o leite de aveia. A aveia contém a fibra solúvel beta-glucano, que está associada à redução das taxas de colesterol e aparentemente faz bem ao coração. O leite de aveia deu um salto enorme este ano. Nos EUA, o número de cardápios que contêm leite de aveia aumentou 30%. “Essa tendência está intimamente ligada à imunidade – e a ingredientes vegetais que também passaram a ser cada vez mais apreciados pelos consumidores este ano”, esclarece Thompson.

Com base nessas novas necessidades e hábitos, podemos prever ainda melhor quais as tonalidades de sabor que se tornarão importantes no futuro nos diversos mercados, graças à nossa nova plataforma Flavors for Feelings.
Dylan Thompson, Senior Marketing and Consumer Insight Manager, Flavor NA

Dra. Dariah Lutsch, Sensory & Consumer Insights Research Manager Sweet, e Dirk Neudorf, Senior Marketing Manager Sweet, Flavor EAME, compartilham de uma visão semelhante. Ao analisarem as mudanças nos hábitos dos consumidores devido à pandemia, dois aspectos das demandas lhes chamaram a atenção, os quais ganharam imensa relevância. Por um lado, bem-estar e familiaridade, que, para todos que se sentem ameaçados pela COVID-19, simbolizam segurança em tempos de insegurança e ansiedade.

Por outro lado, estimulação e adrenalina ocuparam cada vez mais o foco de muitos consumidores depois de semanas e meses de lockdown. “Com base nessas novas necessidades e hábitos, podemos prever ainda melhor quais as tonalidades de sabor que se tornarão importantes no futuro nos diversos mercados, graças à nossa nova plataforma Flavors for Feelings.”

Katja Tiitinen também concorda que a compreensão das necessidades dos consumidores e dos sabores a elas relacionados contribui para uma adaptação mais rápida a situações alteradas. No entanto, é difícil prognosticar o que acontecerá em dois anos – a pandemia do coronavírus é um bom exemplo de como o comportamento e os hábitos de compra dos consumidores podem se modificar em curtíssimo prazo.

Mas ela também comenta que a familiaridade e a segurança dos alimentos são particularmente importantes para os consumidores no momento. Temas como alimentos puramente vegetais, naturalidade e sustentabilidade estão, portanto, bem no topo da lista das necessidades dos consumidores. TENDÊNCIAS SE FORTALECEM A propósito de naturalidade: a pandemia mostrou o êxito dos esforços da Symrise nesta situação de exceção. Por meio da presença local de times próprios e dos parceiros, foi possível manter o contato com agricultores parceiros. Os times ampliados da Symrise dedicaram-se à estruturação de cadeias de suprimento robustas em Madagascar, na Índia, no Brasil e nas Filipinas. “Os esforços continuados contribuem para gerar confiança nos agricultores, que ficaram inseguros. Podemos continuar a garantir a rastreabilidade e isso é importante”, destaca Mark Birch, diretor de sustentabilidade.

A pandemia fortaleceu as tendências já existentes de naturalidade, saúde e comportamento benéfico ao meio ambiente. Em razão do distanciamento social, os consumidores estão se concentrando cada vez mais na origem, no valor nutricional e na sustentabilidade dos produtos. Mais bem informados pelas mídias sociais e por uma abundância de fontes de informação online, sua crescente conscientização em relação à confiança e à rastreabilidade na cadeia de alimentos levou a uma maior demanda por produtos alimentícios naturais e saudáveis.


Saiba mais sobre todos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU no SymPortal: https://t1p.de/SYM-SDG


Saiba mais sobre o trabalho e as realizações do departamento Sensory & Consumer Insights em: https://t1p.de/SYM-SCI

© Symrise All rights reserved 2020